Clube Bilderberg e Comissão Trilateral se reunirão na Espanha – Agora é certo

Fonte: americanfreepress.net
Tradução: fimdostempos.net
Visto em: anovaordemmundial.com

Já se sabe onde e quando serão os encontros dos blocos globalistas Clube de Bilderberg e Comissão Trilateral neste ano.

O Clube de Bilderberg irá realizar seu encontro anual nos dias 3 a 6 de Junho na Espanha, em Sitges, um pequeno e exclusivo resort nas proximidades de Barcelona, protegidos por uma muralha de guardas armados que vedarão o resort na inútil tentativa de manter o evento em segredo.

O encontro do Clube de Bilderberg seguirá, assim, o padrão de seu grupo irmão, a Comissão Trilateral, que irá se reunir no Four Season Resort, em Dublin, Irlanda, nos dias 6 a 10 de maio. Líderes do Clube Bilderberg também estarão presentes no encontro dos “trilateralistas”, para elaborar suas agendas comuns.

A expectativa dos integrantes do Clube de Bilderberg é de que a recessão econômica global se estenda por pelo menos um ano, de acordo com um consultor financeiro internacional que trabalha junto a vários integrantes do bloco globalista. Dentre muitas outras razões, está a intenção do grupo de criar um “departamento do tesouro” global, submetido à autoridade da ONU, já proposto no encontro anterior, que foi na Grécia, mas impedido pelos nacionalistas da Europa e dos EUA. Os “nacionalistas” (uma palavra torpe e odiosa para o Clube Bilderberg), negaram-se a entregar a soberania de seus países à ONU.

No dia 29 de março, durante um pronunciamento na Universidade de Columbia, um notório reduto do esquerdismo, nos EUA, o presidente da França Nicolas Sarkozy afirmou que “nós devemos inventar uma nova ordem monetária global”, segundo apontou fonte da AFP (American Free Press).

Ele se referia claramente ao recentemente proposto “departamento do tesouro” mundial.

O objetivo máximo do Clube de Bilderberg continua o mesmo: tornar a ONU um governo mundial com as “nações-estado” reduzidas a meras referências geográficas. A União Européia se tornaria uma única entidade política, seguida pela “União Americana” e, finalmente, a “União Pacífico-Asiática”. Na “União Americana” estaria incluso todo o hemisfério ocidental, com Cuba e outras ilhas.

Assim como ocorre União Européia, a “União Americana” teria legislação própria, comissão executiva e chefe de estado que pode impor leis às nações membros. Teria também uma moeda comum similar ao Euro, apagando qualquer símbolo de soberania dos estados membros. A “União Pacífico-Asiática”, ou “APU” (sigla em inglês) seguiria um caminho similar.

Mas o crescente conhecimento público da maldosa agenda do Bilderberg Club e dos “trilateralistas” emergiu como uma significante barreira. Por décadas, até 1975, quando “The Spotlight” surgiu, o blecaute era 100 por cento completo no mundo todo.

Hoje, na Europa, os grandes jornais das metrópoles e redes de tevê abordam as ações desses grupos intensamente, com manchetes nas páginas principais. Nos EUA, jornais independentes e rádios cobrem amplamente a ações do Bilderberg Club.
Já os grandes jornais do EUA se calam, mantendo um completo blecaute. Isto porque seus executivos prometem a esses grupos manter seus encontros em segredo enquanto estiverem vivos.

Mas assim que o conhecimento do público cresce, também cresce a resistência patriótica. Há forte resistência em toda a Europa quanto ao crescimento dos poderes da União Européia às custas das soberanias nacionais. Nos EUA, há resistência contra o Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA), que pretende eliminar as fronteiras entre os Estados Unidos, o México e o Canadá. O plano do Clube de Bilderberg e da Comissão Trilateral é fazer o NAFTA se expandir, alcançando todo o hemisfério, e evoluindo em seguida para a “União Americana”.

Nos anos 90, o Clube de Bilderberg estava confiante que a “União Americana” estaria estabelecida no ano 2000. Uma década depois, eles continuam lutando – e perdendo – a batalha.

- James P. Tucker Jr. é um jornalista veterano que desde 1975 é amplamente reconhecido por saber em detalhes os fatos e as intrigas de blocos globalistas como o Clube de Bilderberg.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>