simbolo-alimento-transgenico

O que são alimentos transgênicos? Fazem mal? Como identifica-los?

Vá até a sua dispensa, verifique a existência do símbolo ao lado em algum de seus alimentos.

Você sabe o que ele significa?
Alimento Transgênico, não é isso?

Apesar de estarem tentando esconder isso de nós, o Ministério da Saúde sabiamente aprovou o Decreto nº 4680/03 e a Portaria nº 2.658/2003 que determinaram a obrigatoriedade da rotulagem de produtos com mais de 1% de transgênicos em sua composição.

Porém, apesar da obrigatoriedade, ninguém que eu conheça sabe o que significa este símbolo, ou seja, colaram uma figurinha nos produtos e não disseram o que ele significa. Claro lobby da Monsanto…

Alimentos Transgênicos são todos os alimentos geneticamente modificados.
De acordo com a FDA, esses produtos não podem ser destinguidos dos demais pelo fato de serem “iguais” ao alimentos não transgênicos, mas vários estudos demonstram contradições nos relatórios da FDA.

Há mais informações sobre Alimentos Transgênicos no site transgenicosnao.blogspot.com

Se fazem mal, bem, deêm uma olhada em como a Monsanto agiu durante seus anos dourados e veja que ela sempre escondeu a verdade sobre diversos de seus produtos.
Os documentários que mencionamos aqui tem bastante informações referentes.

Monsanto é a maior empresa de biotecnologia do mundo (na marra), líder mundial em alimentos transgênicos, com 90% do mercado. Fabricante das marcas Roundup (herbicída líder a 30 anos), soja para roundup (soja roundup ready), aspartame (edulcorante substitúto do açúcar nos produtos diet), hormônio do crescimento (proibido no Canadá e na Europa), dentre outros produtos altamente tóxicos como o Agente Laranja (desfolhante utilizado na guerra do Vietnã), e PCB (conhecida no Brasil como Ascarel), uma substância extremamente tóxica, que foi proibida em 1971 nos EUA e 1981 no Brasil.

O Grupo Monsanto atua no Brasil por meio das seguintes empresas:
Monsanto do Brasil Ltda., Agroeste Sementes S.A., Monsoy Ltda., Monsanto Nordeste Indústria e Comércio de Produtos Químicos Ltda., Alkagro do Brasil Ltda., Stoneville Brasil Ltda., Agroeste Participações Ltda., MDM Sementes Algodão Ltda., D&M Brasil Algodão Ltda., D&PL Brasil Ltda., Sementes Selecionadas Ad Ltda. e WestSeeds Participações Ltda.

O maior mito utilizado para legimitar o mercado dos transgênicos é que “o aumento de produção dos alimentos resolveria a fome”. Não precisa ser nenhum economista pra saber que o problema da fome e da miséria não é a escassez de alimentos, mas a má distribuição de riqueza produzida. Ainda mais em um novo modelo onde você terá de pagar royalties e taxas paras poucas transnacionais que monopolizam o mercado.

Pesquisando sobre o assunto, encontrei dois documentários de tirar o fôlego, que já fazem parte de nossa lista de doumentários.

Sweet Misery - Aspartame
O primeiro foi Sweet Misery, sobre o aspartame, o qual aparentemente é a causa do aumento de doenças raras.

O segundo é O Mundo segundo a Monsanto, que demonstra claramente que estamos sendo engolidos pelo corporativismo selvagem, que transforma o ser humano em mais um obstáculo que precisa ser transposto.

Aos estudantes de direito, recomendo assistir ambos documentários, além de A Corporação, que também toca no assunto.

Cuidado, o seu alimento pode estar lhe causando donças.

Saiba mais em: http://www.algosobre.com.br/biologia/alimentos-trangenicos.html

http://busca.uol.com.br/buscar.html?q=alimento+transgenico

http://transgenicosnao.blogspot.com/

Conheça a lista de produtos transgênicos elaborada pelo Greenpeace em http://www.greenpeace.org.br/transgenicos/pdf/guia_consumidor_4.pdf

Em tempo, como esses desgraçados são aliados no plano contra a população mundial, e pretendem sujar os gênes das espécies naturais, já criaram (não estes) um banco de dados vegetal com mais de 4milhões de sementes, o que chamamos alienadamente de Arca de Noé Vegetal, a qual será assunto por aqui mais futuramente.

13 opiniões sobre “O que são alimentos transgênicos? Fazem mal? Como identifica-los?”

  1. Eu acho muitíssimo engraçado esse pessoal que viveu a vida toda em um prédio e não tem a mínima noção de como é feita a transgenia, e mesmo assim vem postar “não comprem” aqui, vão estudar.
    Alimentos transgênicos são muito mais baratos e seguros do que os comuns, não sabe por que? Acha que estou errado? É claro, porque você não sabe como ele é feito. Antes de virem falar besteiras aqui, VÃO ESTUDAR.

  2. Aliás, só um exemplo da hipocrisia de vocês: 100% da insulina no mercado é transgênica (não, não é tirada de suínos, isso era antigamente, mas causava muita rejeição e problemas); e aí? Se vocês tivessem parentes diabéticos também iriam falar “não compre insulina, é transgênico.”? Se hipocrisia matasse em! Ridículo.

  3. Sr. Lolerson, por favor, considere ler todo o conteúdo da postagem antes de atacar os outros comentaristas. Considere também ver o documentário “O Mundo segundo a Monsanto”, o qual está linkado na postagem. Aproveito para deixar uma frase do reconhecido Carl Sagan: “Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar.”

  4. Abordagem totalmente tendênciosa do documentário O Mundo segundo a Monsanto. Análise de impactos ambientais passados podem ser feitas para diversas empresas, e garanto que todas constaram problemas já corrigidos. Não estou defendendo ninguém, é só um comentário.

    Sobre OGM, o seu uso inadequado, como acontece na maioria das vezes, é o principal causador dos problemas.

    Se o seu consumo causa algum problema, só saberemos se analisarmos primeiramente se o consumo do mesmo alimento não transgênico causa problema. E isso não é feito. A pesquisa busca somente problemas e problemas, ninguem foca na imparcialidade, fazendo com que muito dos resultados sejam manipulados para que ocorra a promoção dos pesquisadores e seu reconhecimento por alguns da sociedade.

    Sobre críticas para Monsanto, eu retruco com um parabéns a eles! O que eles estão fazendo e dar um passo a frente na inovação e tecnologia. Se consumimos OGM, sabendo ou não, é culpa primeiramente dos responsáveis pela nossa saúde, alguns (ir)responsáveis que trabalham para nosso governo, que autoriza a comercialização e produção do mesmo. A Monsanto só aproveita a “brecha” e cobra Royaltes para uso da tecnologia, faturando BIlhões com isso. E se a pesquisa pública brasileira como a EMBRAPA, ou mesmo de outro País, tivesse investimento pesado dos nossos governantes para buscar tecnologias semelhantes? Teria essa reputação os OGM’s?

  5. Caro Daniel!
    Obrigado pelo seu comentário!
    Mas não acredito que parabenize uma empresa que vem sujando o mundo com seus agrotóxicos cada vez mais, a menos que tenha alguma ligação financeira com ela.

    O agente laranja e o equívoco com o Roundup ser biodegradável já não são suficientes para macular esta empresa químico-alimentícia?
    E você realmente viu “O Mundo segundo a Monsanto”?

  6. JDiniz,
    Você sabe realmente o que é um alimento transgênico? Se sabe, então está ciente do quão difícil é fazer um transgênico, de quanta burocracia é exigida para que um alimento transgênico seja liberado para comercialização, acha que transgênicos não trazem benefício a sociedade? Procure ler um pouco sobre isso, como é o processo de produção o que é preciso para que sejam liberados, tente não ler apenas textos “conspiratórios”. Ahh wikipedia não vale viu.
    Concordo com você sobre a Monsanto, mas transgênico não é o “bicho” que muita gente fala sem conhecer. Transgênicos existem na própria natureza! procure um pouco sobre isso também.

  7. Olá JDiniz,

    Sobre seu comentário, não tenho ligação financeira com Monsanto ou outra empresa similar, pelo contrário, ela deve me enxergar como um obstáculo para alavancar suas vendas, pois sou Consultor Agronômico e procuro minimizar o uso de “agrotóxicos”, seja da Monsanto ou outra empresa, quando possível.

    Bom, o tema principal do artigo é a transgênia, mas já que foi citado o termo “agrotóxico” vamos lá…

    Não é a Monsanto que vem sujando o mundo com agrotóxicos, e sim é o modo como esses “agrotóxicos” são utilizados na agricultura. É claro que ela como uma empresa que vende o produto, tenta fazer isso da melhor forma possível, mas ela não distribui o produto gratuitamente, alguém tem que comprar para utilizar, e dai que vêm o problema, não acha? “Agrotóxicos”, como você chama, são produtos que se utilizados de forma racional, são eficientes para resolver problemas na agricultura, aumentando a produtividade, tornando alimentos mais baratos, acessíveis a boa parte da população. Se utlizado de maneira incorreta, dai sim concordo com você sobre o termo “Agrotóxico”.

    Sobre o documentário que você perguntou se havia assistido, sim e é pela segunda vez que assisto.

    Como disse a Natalia, organismos transgênicos são na verdade uma mutação controlada, e feita de forma a buscar um benefício que torne possível, fácil ou barato alguma caracteristica. E quem sabe um pouco de genética e biologia conhece que a mutação está presente todos os dias, em todos os lugares e em todos os organismos, independente da vontade do ser humano.

    Na verdade, hoje existem pessoas que criticam a transgenia, mas não sabem nem o que é… Estudo é a segredo para resolver isso, como foi dito por outros comentários… É a mesma coisa que eu querer criticar a NASA por esconder informações de OVNIS…

  8. Fico feliz em saber que seus comentários são para engrandecer o debate e não simplesmente para aniquila-lo. Realmente não sou um expert no assunto, conheço superficialmente da matéria e sei que as elites envolvidas com a Monsanto, que atualmente detém a patente sobre as sementes e os produtos derivados da transgenia, estão intimamente ligadas a agenda da Nova Ordem Mundial.

    O fato de haver transgenia na natureza não descarta a periculosidade dos alimentos transgênicos dos quais nos referismo, estes feitos pela vontade humana.
    O documentário deixa claro que a transgenia não é feita somente misturando isso com aquilo, como é feita na natureza.
    A desburocratização que ocorreu nos EUA permitiu que estes alimentos fossem aceitos nos outros países que só copiam ou cumprem ordens daquele.

    Sinto muito se não sou claro na minha postagem a respeito da periculosidade dos alimentos transgênicos. Adoraria que alguém idôneo e que conheça a verdade sobre o Stablishment pudesse dissertar melhor no nosso espaço sobre a matéria.

    Mais uma vez, obrigado pelos comentários!!
    Sucesso Contra a Nova Ordem Mundial!

  9. certamente que a tecnologia em ambas as áreas é importante para as pessoas. a questão aqui é entender de forma histórica, global e futura que o desenvolvimento de bem estar não é de favorecer a todos, e quem se acha que é inteligente por que se formou em biologia,medicina,agronomia,economia e outros sabe apenas o que agrade curricular manda estudar. me digam quem dita as regras do estudo mundial se não EUA. PESQUISE OK!!!!!!!!!!

  10. Já assisti o documentário, já li os comentários, jornais e noticias a respeito.
    VAMOS AOS SINAIS:
    1.A algumas semanas li uma reportagem do Uol sobre ratos alimentados com milho TRANSGÊNICO, fiquei assustado porque haviam mais tumores malignos do que rato.
    2.Recentemente li no jornal da folha que a venda de transgênicos na França foi suspensa.
    3.Nas minhas leituras e curiosidades percebi que existem alguns paises da Europa que proibiram o uso de Transgênicos inclusive a Monsanto não entra lá.

    4.Recentemente tentaram aprovar uma lei para tirar do rótulo a identificação dos alimentos com componentes transgênicos do mercado. Por qual motivo? para o gado não questionar????

    Bem, eu sou um completo leigo, porem não sou idiota.
    Se alguém fez pesquisas e o resultado não foi bom, alguém publicou(Uol) não o fez de brincadeira, se alguns paises proibiram (inclusive a França) não foi de brincadeira é porque há algo de errado.
    Não podemos afirmar que tudo esta errado que é transgenico é ruim, porem em se tratando de sementes transgênicas, Há ALGO DE ERRADO E ISTO SE MOSTRA PELOS SINAIS.
    CEGO É QUEM NÃO QUER VER.
    Agora se quem quiser comer … que coma o problema é seu, porem não dá para negar os SINAIS, …algo fedendo no reino da Dinamarca.
    Pronto falei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>