Conheça as Obscuridades na Investigação sobre o caso Marielle e Anderson

O assassinato de uma defensora de direitos humanos pode ser uma tentativa de gerar medo e silêncio, de interromper a luta por direitos, de impedir que se construa uma sociedade mais justa e igualitária. O Estado deve responder a isso com investigação e justiça e, assim, impedir que o medo e o silêncio se disseminem.

Receba agora no seu email

Política de Privacidade