Livro 1984 – Resenha Animada

Publicado por

Seja Uma Pessoa Melhor, um canal do youtube que eu acompanho, publicou uma resenha animada do livro 1984, de George Orwell, escritor inglês que identificou um modelo de engenharia social eficiente para manter uma sociedade presa em condições de escravidão, miséria e autoridade.

“Winston, herói de 1984, último romance de George Orwell, vive aprisionado na engrenagem totalitária de uma sociedade completamente dominada pelo Estado, onde tudo é feito coletivamente, mas cada qual vive sozinho. Ninguém escapa à vigilância do Grande Irmão, a mais famosa personificação literária de um poder cínico e cruel ao infinito, além de vazio de sentido histórico. De fato, a ideologia do Partido dominante em Oceânia não visa nada de coisa alguma para ninguém, no presente ou no futuro. O’Brien, hierarca do Partido, é quem explica a Winston que “só nos interessa o poder em si. Nem riqueza, nem luxo, nem vida longa, nem felicidade: só o poder pelo poder, poder puro”. Algumas das ideias centrais do livro dão muito o que pensar até hoje, como a contraditória Novafala imposta pelo Partido para renomear as coisas, as instituições e o próprio mundo, manipulando ao infinito a realidade. Afinal, quem não conhece hoje em dia “ministérios da defesa” dedicados a promover ataques bélicos a outros países, da mesma forma que, no livro de Orwell, o “Ministério do Amor” é o local onde Winston será submetido às mais bárbaras torturas nas mãos de seu suposto amigo O’Brien. Muitos leram 1984 como uma crítica devastadora aos belicosos totalitarismos nazifascistas da Europa, de cujos terríveis crimes o mundo ainda tentava se recuperar quando o livro veio a lume. Nos Estados Unidos, foi visto como uma fantasia de horror quase cômico voltada contra o comunismo da hoje extinta União Soviética, então sob o comando de Stálin e seu Partido único e inquestionável. No entanto, superando todas as conjunturas históricas – e até mesmo a data futurista do título -, a obra magistral de George Orwell ainda se impõe como uma poderosa reflexão ficcional sobre os excessos delirantes, mas perfeitamente possíveis, de qualquer forma de poder incontestado, seja onde for.📝

Relacionados

Salvando o Capitalismo – Documentário Netfli... Robert Reich, economista norte-americano e ex-secretário de Trabalho da gestão Clinton, expõe suas ideias sobre o capitalismo e a desigualdade de rend...
Cinco Macacos – Método Científico para um Pa... https://www.youtube.com/watch?v=r9m6uP1Xuyw Um grupo de cientistas colocaram cinco macacos em um jaula e um cacho de banana em cima de uma escada q...
O Fim do Sonho Americano Um dos filmes mais esperados do ano. importantíssimo tanto para os de direita como os de esquerda. O Documentário mostra através de embasamento cient...
Silvio Matos: Saber o que é Certo e Não Fazer Nada... Se você quer saber quanto recebe um senador no Brasil, quais os benefícios de um senador, as vantagen e regalias do mandato de um senador, confira o e...
Esta merda tem que acabar – Jacques Fresco &... Jacque Fresco é um autodidata projetista industrial, engenheiro social, escritor, professor, futurologista, inventor que trabalhou numa grande varieda...

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e nem sempre representam a opinião de O Libertário e seus autores. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *