Grandes Personalidades

Personalidades que pensam, criticam e agem contra o modelo estabelecido, ou que o fizeram.


Joseph Stiglitz

Joseph Stiglitz Joseph Eugene Stiglitz é um economista estadunidense Nobel de Economia crítico severo e contundente dos “fundamentalistas de livre-mercado”, questiona as “bases ideológicas” que regem a maior parte das decisões econômicas mundiais. Polemiza com o FMI, a quem acusa de “empurrar” os países subdesenvolvidos a abrir seus mercados à competição externa antes que possuam instituições estáveis e democráticas para proteger seus cidadãos.

Julian Assange

Julian Assange Julian Paul Assange é um jornalista, escritor e ciberativista australiano, que também possui cidadania equatoriana. É um dos nove membros do conselho consultivo do WikiLeaks, um wiki de denúncias e vazamento de informações. É também o principal porta-voz do website. Em 2010, o WikiLeaks publicou detalhes sobre o envolvimento dos Estados Unidos nas guerras do Afeganistão e Iraque.

Ladislau Dowbor

Ladislau Dowbor Ladislau Dowbor é economista e professor titular de pós-graduação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Foi consultor de diversas agências das Nações Unidas, governos e municípios, além de várias organizações do sistema “S”. Autor e co-autor de cerca de 40 livros.

Lenin

Lenin Vladimir Ilyich Ulyanov, mais conhecido pelo pseudônimo Lenin, foi um revolucionário comunista, político e teórico político russo que serviu como chefe de governo Russo de 1917 a 1924. Sob sua administração, a Rússia e em seguida, a União Soviética tornaram-se um Estado socialista unipartidário governado pelo Partido Comunista. Ideologicamente marxista, suas teorias políticas são conhecidas como leninismo.

Leonel Brizola

Leonel Brizola Leonel de Moura Brizola foi um engenheiro civil e político brasileiro. Considerado um líder da esquerda e um político nacionalista, foi governador do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul, sendo o único político eleito pelo povo para governar dois estados diferentes em toda a história do Brasil.

Malcolm X

Malcolm X Malcolm X (nome de nascimento: Malcolm Little), foi um dos maiores defensores do Nacionalismo Negro nos Estados Unidos. Fundou a Organização para a Unidade Afro-Americana, de inspiração separatista. Defensor dos direitos dos afro-americanos, conseguiu mobilizar brancos e negros na conscientização sobre os crimes cometidos contra a população afro-americana.

Marielle Franco

Marielle Franco Marielle Francisco da Silva foi uma socióloga, política, feminista e defensora dos direitos humanos brasileira. Crítica da intervenção federal no Rio de Janeiro e da atuação da Polícia Militar, denunciava constantemente abusos de autoridade por parte de policiais contra moradores de comunidades carentes. Foi assassinada a tiros junto de seu motorista, em 14 de março de 2018.

Martin Luther King Jr.

Martin Luther King Jr. Martin Luther King Jr. foi um pastor protestante e ativista político estadunidense. Tornou-se um dos mais importantes líderes do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos, e no mundo, com uma campanha de não violência e de amor ao próximo.

Michael Hudson

Michael Hudson Michael Hudson é economista norte-americano, professor de economia na Universidade do Missouri do Kansas e pesquisador do Levy Economics Institute do Bard College. Ele é ex-analista de Wall Street, consultor político, comentarista e jornalista.

Michael Moore

Michael Moore Michael Francis Moore é um documentarista e escritor americano, conhecido pela sua postura crítica, sobretudo em relação à violência armada da sociedade americana, às grandes corporações, às desigualdades econômicas e sociais e à hipocrisia dos políticos, tendo sido particularmente crítico a George W. Bush e à invasão do Iraque.

Milton Santos

Milton Santos Milton Almeida dos Santos foi um geógrafo brasileiro. Destacou-se por seus trabalhos em diversas áreas da geografia, em especial nos estudos de urbanização do Terceiro Mundo. Foi um dos grandes nomes da renovação da geografia no Brasil ocorrida na década de 1970. Também se destacou por seus trabalhos sobre a globalização nos anos 1990. Sua obra caracterizou-se por apresentar um posicionamento crítico ao sistema capitalista, e seus pressupostos teóricos dominantes na geografia de seu tempo.